Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Passeata Contra o Abuso Sexual Infantil

Publicado em 18/05/2017 às 15:57 - Atualizado em 18/05/2017 às 16:01

Passeata Contra o Abuso Sexual Infantil Baixar Imagem

Passeata Contra o Abuso Sexual Infantil

 

A Prefeitura Municipal de Witmarsum em parceria com a Secretaria de Educação, Secretaria da Saúde e Assistência Social, juntos com a equipe da Assistência Social e o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), promoveram no dia 18 de maio uma mobilização alusiva ao Dia Nacional de Combate a Exploração e Violência Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado nesta sexta-feira dia 18 de maio em todo o país.

Os Professores e Alunos da EEB Semíramis Bosco e da EEB Nossa Senhora das Graças, além da população em geral, participaram primeiro de uma caminhada e após de uma peça teatral com fantoches realizada no Salão Paroquial.

Com o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes, 18 de maio foi estabelecido como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Apenas no ano de 2014 foram registradas 24.575 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes no Brasil. Desses casos, 19.165 foram de abuso e 5.410 de exploração sexual infantil.

A melhor maneira de se combater a violência sexual contra crianças e adolescentes é a prevenção. É necessário um trabalho informativo junto aos pais e responsáveis, a sensibilização da população em geral, e dos profissionais das áreas de educação e jurídica, com a identificação de crianças e adolescentes em situação de risco, e o acompanhamento da vítima e do agressor. 

Além da prevenção, o combate a essa realidade exige que os casos sejam denunciados. Portanto, se souber de algum caso de violência sexual infantil, procure o conselho tutelar, delegacias especializadas, polícias militar, federal ou rodoviária e ligue para o Disque Denúncia Nacional, de número 100. 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar